Angola: Interview with Joao Feliciano C. Bifica

Joao Feliciano C. Bifica

Director Geral (GPM International Global Services)

2011-04-13
Joao Feliciano C. Bifica
O sector comercio e industria  em Angola cresceu muito nos últimos anos e tem um grande potencial, com sua grande experiência de diversos anos no sector, qual e a sua análise sobre a economia Angolana e o sector turístico?

O negocio de comercio em Angola esta a crescer muito, apenas precisa melhorar as condições das empresas que fazem prestação de serviço.



O GPM internacional global service iniciou sua actividade há bastante tempo, prestando serviços no sector saúde. Conte-nos sobre o histórico da empresa e que decisões estratégicas fizeram que o complexo chegasse onde esta agora?


viemos para cã em 2006, fizemos vários contratos que ajudaram a empresa a subir.



Quais são os principais produtos e serviços oferecidos pelo empresa?

nos temos uma sonda petrolífera, uma rede de energia  “reig” estamos a procura de contrato neste momento no Congo brazaville  temos um contrato aqui em Angola temos com a sonangol e em alguns comités .



quais são os principais serviços oferecidos pela sua empresa?

mineiro ,construção e pesquisa.



Para servir de referência para os nossos leitores, qual e o número de funcionários e facturação anual actuais?

estamos com 112 funcionários, e  a facturação foi de  700.000usd.



Qual é a sua estratégia de crescimento da empresa e quais são seus principais projectos para 2011- 2012?

nosso plano e continuar a fazer contratos, a fim de ajudar o povo angolano  e o governo.



Com que países a GPM procura parcerias?

com qualquer pais do mundo que esteja disposto a fazer parcerias.



Na sua opinião, de que forma os investimentos estrangeiros são importantes para o desenvolvimento do País, inclusive para sua empresa?


os investimentos estrangeiros são importantes, porque ajudam a desenvolver o pais, principalmente no ramo da economia.



O sector saúde tem um grande potencial de crescimento, é cada vez mais estrangeiros vindo em Angola, Na sua opinião, em cinco anos qual é a visão que tem para GPM Internacional global serviço?

daqui a cinco anos a visão da GPM internacional e de se expandir em pelo resto do mundo.



O senhor poderia comentar a respeito do seu histórico pessoal e profissional até à posição de administrador, e qual foi o maior desafio que enfrentou?

meu maior desafio e de trabalhar com constância a fim de ser reconhecido.



Qual seria a sua mensagem final para os nossos leitores, que são empresários e potenciais investidores em Angola, e que lerão sobre a sua empresa na revista US News e no nosso website?

A todos administradores peco que abram as portas a novos talentos que tem conhecimentos, pois e com o contributo deles que haverá crescimento no nosso pais.
20 Years - World Investment News